Conto | Um Levante na Noite

Havia uma goteira no abrigo. Uma goteira insistente que, mesmo após a tempestade ter se dissipado, persistia. Itta contava as gotas que caíam e agradecia internamente por aquela ser a única goteira. Nas últimas chuvas, o teto quase cedera e tiveram que passar muito tempo substituindo a madeira velha, que cobria o local abafado sem janelas e com portas reforçadas. Seu abrigo e prisão nos últimos três anos.

Ela rolou no chão de terra batida, procurando uma posição menos desconfortável. O dia fora longo. Os capatazes os fizeram trabalhar além do horário, pareciam ter pressa em extrair os minérios. Muita pressa.

Continuar lendo “Conto | Um Levante na Noite”

Conto | Liberdade

O vento carregou Laila para longe do penhasco, em direção ao abismo. Sem amarras ou segurança, ela se deixou levar pelo impulso, mergulhando de cabeça e abrindo os braços, pronta para abraçar o mundo. A barriga começou a formigar, e, logo, esse estranhamento se transformou em cócegas. Partindo do umbigo, o sentimento de liberdade se expandiu por todo o corpo até explodir em uma risada.

E, então, ela abriu os olhos.

Continuar lendo “Conto | Liberdade”

Resenha | Desventuras em Série

Querido leitor,

Sinto muito dizer que a resenha a seguir é bastante desagradável. Ela conta sobre as tristes aventuras dos jovens Baudelaire em Desventuras em Série, coleção de livros escrita pelo infeliz Lemony Snicket. Eu entendo se quiser largar este texto agora e procurar por uma resenha mais alegre, que fale de alguma história onde os personagens não precisam enfrentar vários infortúnios e desprazeres enquanto fogem de um vilão cruel e ardiloso. Quem sabe um conto sobre um elfo feliz, em uma floresta encantada, onde nada de ruim pode acontecer?

Não se convenceu? Pois bem, não diga, depois, que não avisei… Está mesmo preparado? Então, vamos lá. Pegue alguns lenços de papel, pois agora escreverei sobre uma história que tirou toda a esperança de meu coração. Continuar lendo “Resenha | Desventuras em Série”

Conto | Cartão de Crédito Platinum

O dinheiro compra tudo e ele, com os seus milhões, sabia bem disso.

Não foi nem um pouco difícil conseguir um daqueles aviões jumbo, muitas vezes usados no transporte de carga. Daqueles que têm uma porta monstruosa no final do bojo. Gastou uma parte da sua fortuna conquistada no mercado de ações alugando um para si.

Conseguir o piloto foi um pouco mais difícil. O roteiro da viagem não era dos mais convidativos. Quem, em sã consciência, toparia sobrevoar o Triângulo das Bermudas? Mas ele encontrou um veterano da Guerra do Iraque perturbado o suficiente e confiante ao extremo para aceitar aquela empreitada. Precisou de um pequeno desvio do trajeto, pois não sobrevoariam diretamente o lugar e, claro, uma quantia volumosa de dinheiro para massagear o ego do sujeito. Continuar lendo “Conto | Cartão de Crédito Platinum”