O Projeto

Foto com um caderno fechado, uma máquina de escrever e um caderno aberto sobre uma mesa de madeira.

Seja bem-vindo ao nosso blog. A palavra “nosso”, neste contexto, tem significado literal: pertence tanto a quem escreve quanto a quem lê.

Somos um grupo de novos escritores trabalhando na divulgação de material variado, que você conhecerá em nossas futuras publicações. Conhecemo-nos através do C.O.N.T.E., Curso Online de Técnicas para Escritores, ministrado por Fábio M. Barreto, autor de Filhos do Fim do Mundo, cujo objetivo é ensinar técnicas aplicadas à escrita em geral, capacitar e profissionalizar uma nova geração de escritores brasileiros para o mercado editorial.

Neste espaço você encontrará, além da divulgação de nossos livros, resenhas, artigos, contos, crônicas, entrevistas com autores consagrados, e muito mais.

Nada disso, no entanto, faz sentido sem sua participação. Sim, você que está lendo. Afinal, é para você que escrevemos.

Ajude-nos a melhorar. Critique. Elogie. Sugira temas. Seja nosso cúmplice nesta jornada, pois este é o nosso blog.

É onde contamos histórias.

Que sejam as melhores. Aquelas que você quer ler.

15 comentários em “O Projeto

  1. Senti uma emoção muito boa ao ser apresentada ao blog através de msn de meu amigo e ex-colega de trabalho, Michel. Iniciativas como esta nos reforçam a crença de que o mundo é bom. E de que há muita coisa linda a ser desfrutada, compartilhada. Aos escritores, obrigada. Estou ansiosa pelas leituras que virão.

  2. Grande iniciativa a deste blog. Escrevi e luto pra publicar meu primeiro livro, Freguês, aos 62 anos. Fui jornalista por 40 anos por gostar de escrever e o que menos fiz, em quarenta anos de profissão, foi escrever de verdade. Saindo das redações pude retomar o prazer da literatura, fazer oficinais na área e encontrar o escritor sequestrado fazia 50 anos – porque aprendi a gostarde ler e escrever aos 9 anos. Assim, para os mais jovens que estão aqui, desejo que se atirem, mergulhem, se entreguem 110% a esse mundo fantástico.Quando estiverem com 62, certamente terão produzido muitos best-sellers. Eu estou tocando outros quatro projetos de livros. E vou dando notícia aqui, euqnato me permitirem. Abraços a todos e todas.

    1. Olá, Pedro. Em primeiro lugar, obrigado pelo carinho. Estamos com uma expectativa muito boa em relação ao blog e esperamos que ele seja o primeiro passo em direção a grandes conquistas. E com certeza gostaríamos de saber mais sobre seus projetos. Conte suas histórias pra gente. 😉

  3. Achei muito interessante este projeto literário!!parabéns!tudo que incentive o ser humano a se expressar,ajudara a transformar o mundo.Por um mundo melhor!

    1. Oi, J. Strunzak! Tudo bem? Na verdade, somos quatro mulheres e oito homens no Conte Histórias =D Eu mesma, Adele, sou uma delas 😉 Você pode conhecer melhor cada um dos integrantes aqui: https://contehistorias.com/quem-somos/
      O projeto foi criado justamente em cima dessa pluralidade de vozes, sempre valorizando e respeitando cada um dos membros, independente de gênero, raça, sexualidade ou credo. Pensando na importância da representatividade e do empoderamento feminino, nós, mulheres do CH (eu, Camila, Tiara e Vitória), em parceria com a também escritora Jana Bianchi, encabeçamos o projeto Minas Que Escrevem, onde mulheres escritoras podem compartilhar depoimentos sobre o próprio envolvimento com a escrita. Você pode conhecer melhor o projeto aqui: https://contehistorias.com/minas-que-escrevem/
      Se também quiser compartilhar sua história conosco, seja bem-vinda =)
      E obrigada por passar por aqui! Espero que goste dos nossos textos 😉

      Bjo
      Adele

      1. Oi Adele! Que legal conhecer vocês, realmente me deu vontade de participar. Vi que havia mulheres no grupo, mas, em todo o site encontrei uma linguagem sexista, que não acompanha essa vontade e essa atitude de promoção da igualdade. Como seria possível transformar isso? Beijo grande, muito ânimo!

    2. Oi, Janaína.

      Sou o Michel Costa, coordenador do Conte Histórias.

      Em primeiro lugar, agradecemos imensamente o envio do depoimento que, em breve, estará em nosso mural. Sobre o projeto, posso te garantir que o CH carrega a bandeira progressista e a toda forma de igualdade está nela. Caso possa citar algum texto que contenha linguagem sexista que tenha soado ofensiva, não deixe de nos alertar.

      Abraço!

Deixe seu comentário. É importante para nós! ;)