Resenha | Como Melhorar um Texto Literário

Por: Camila Servello Aguirre

Os livros da série “Guias do Escritor” (editora Gutenberg) têm se mostrado uma surpresa à parte. Já apresentamos aqui três volumes da série: “Os Segredos da Criatividade”, “Como Narrar uma História” e “Como Escrever Diálogos”. Agora é hora de trazer a resenha do livro “Como Melhorar um Texto Literário”, dos autores Lola Sabarich e Felipe Dintel.

A linguagem leve, capítulos bem escritos e explicativos, e a leitura fluida tão presente nos volumes anteriores se repete, mostrando que são tópicos obrigatórios nos livros da série. Tudo isso contribui para que o livro fique com aquela cara de manual para ser consultado sempre que houver necessidade.

Continuar lendo “Resenha | Como Melhorar um Texto Literário”

Resenha | Como encontrar seu estilo de escrever

Por: Camila Servello Aguirre

Da série Livros para Escritores

Todo escritor quer ser lido. No entanto, mais do que levar a nossa obra até os leitores, também queremos ser reconhecidos pelo que colocamos no papel. Encontrar a nossa voz é quase a procura pelo Graal e o motivo para buscar nossa evolução. Ao rascunhar as primeiras palavras e ideias, ainda naqueles rabiscos iniciais, quando começamos a brincar de escrever, é natural que imitemos nossos autores preferidos. Com o tempo, vamos percebendo a necessidade de deixar o texto com um toque pessoal, como uma assinatura. Foi com o intuito de melhorar minha escrita e encontrar a minha voz que me engajei na leitura do livro do Francisco CastroComo encontrar seu Estilo de escrever.

Continuar lendo “Resenha | Como encontrar seu estilo de escrever”

Resenha | Daytripper

Por: André Diniz

Dificilmente você encontrará algo que trate de uma maneira tão sutil e bela temas como vida/morte quanto Daytripper (publicado pela Panini), dos brasileiros e irmãos gêmeos: Fábio Moon e Gabriel Bá.

Brás de Oliveira Domingos é o narrador-personagem que nos leva através de várias linhas temporais diferentes, construindo capítulos com trajetórias e finais recheados de questionamentos. Além disso, como o próprio nome do personagem alude, há uma clara referência ao romance de Machado de Assis, Memórias póstumas de Brás Cubas. O diálogo entre as duas obras funciona como atualização dos temas, todavia, há uma leve diferença na abordagem, o que traz novos ares para as discussões.

Continuar lendo “Resenha | Daytripper”

Resenha | Os 13 Porquês

Por: Diego Vieira

Os 13 Porquês (Ática, 2009) foi o livro de estreia do autor Jay Asher e está às vésperas de ganhar uma adaptação para a TV pela Netflix. A história acompanha Clay Jensen, um adolescente que recebe pelo correio uma caixa de sapatos com sete fitas cassete, onde Hanna Baker, seu primeiro amor, descreve as 13 razões que a levaram a acabar com a própria vida.

A ideia para o livro surgiu da história de uma parente próxima, que tentara o suicídio anos antes. O autor afirma que ela nunca conseguira estabelecer uma situação em especifica sem contar o que precedera ou o que se seguira a sua decisão, dando a ideia de que tudo afeta tudo.

Continuar lendo “Resenha | Os 13 Porquês”

Resenha | A menina que Roubava Livros

Por: Adele Lazarin

Em 2007, há exatos dez anos, o mundo foi apresentado à emocionante história de Liesel Meminger em A Menina que Roubava Livros, escrito por Markus Zusak e publicado no Brasil pela Editora Intrínseca. A obra – que mescla ficção com um período assustador da história mundial – já é considerada um clássico juvenil desta geração e ganhou, inclusive, uma adaptação cinematográfica lançada em 2014.

A Menina que Roubava Livros é narrado pela personificação da Morte. Vemos tudo através dos olhos dela. No livro, Liesel Meminger é uma menina alemã que vive o auge do Regime Nazista e do domínio de Hitler. Ela é lançada nos braços de uma estranha família sem saber o motivo, enquanto a mãe biológica desaparece de sua vida e o irmão mais novo é levado pela Morte, deixando-a completamente sozinha. Pelo menos, no começo. Ao mesmo tempo, Liesel descobre aquilo que a definiria pelo resto da vida: o prazer em roubar livros.

Continuar lendo “Resenha | A menina que Roubava Livros”

Resenha | Magnus Chase e os Deuses de Asgard – O Martelo de Thor

Por: Diego Vieira

Iniciada com A Espada do Verão (Intrínseca, 2015), O Martelo de Thor (Intrínseca, 2016) é a segunda parte da trilogia nórdica de Rick Riordan. A continuação da saga narra as aventuras de Magnus Chase, que agora tem a missão de ajudar o Deus Thor a recuperar seu martelo e evitar uma invasão de gigantes.

Os mesmos personagens do primeiro livro retornam para ajudar Magnus em sua nova empreitada. De seus companheiros da vida nas ruas, o anão Blitz e o elfo surdo Heart, até seus colegas do andar 19 no hotel Valhala, todos se unem mais uma vez para tentar impedir que o roubo martelo antecipe o Ragnarök e cause a destruição dos nove mundos. Continuar lendo “Resenha | Magnus Chase e os Deuses de Asgard – O Martelo de Thor”

Resenha | Desventuras em Série

Por: Adele Lazarin

Querido leitor,

Sinto muito dizer que a resenha a seguir é bastante desagradável. Ela conta sobre as tristes aventuras dos jovens Baudelaire em Desventuras em Série, coleção de livros escrita pelo infeliz Lemony Snicket. Eu entendo se quiser largar este texto agora e procurar por uma resenha mais alegre, que fale de alguma história onde os personagens não precisam enfrentar vários infortúnios e desprazeres enquanto fogem de um vilão cruel e ardiloso. Quem sabe um conto sobre um elfo feliz, em uma floresta encantada, onde nada de ruim pode acontecer?

Não se convenceu? Pois bem, não diga, depois, que não avisei… Está mesmo preparado? Então, vamos lá. Pegue alguns lenços de papel, pois agora escreverei sobre uma história que tirou toda a esperança de meu coração. Continuar lendo “Resenha | Desventuras em Série”