Entrevista | Dame Blanche

Por: Adele Lazarin

Ser escritor no Brasil não é fácil. Ser editor, menos ainda. Mesmo assim, trabalhar em uma editora é um dos trabalhos mais almejados por milhares de leitores espalhados pelo país. Afinal, nada melhor do que unir paixão e emprego dos sonhos, não é mesmo? Considerando a crise em que o mercado editorial está inserido hoje, muitos empreendedores enxergam o momento como uma oportunidade de começar algo novo e abrir a própria editora independente.

Foi o caso da Dame Blanche, editora fundada por Anna Fagundes Martino* e Clara Madrigano, com o apoio do fofíssimo mascote River (conhecido também como o cachorro estagiário responsável por comer manuscritos e aquecer os pés das pessoas em dias frios). A Dame Blanche nasceu do mesmo amor que une todos nós do Conte Histórias: a literatura. Antes de editoras dedicadas, Anna e Clara são leitoras, e sabem muito bem o que desejam encontrar nas estantes das livrarias (virtuais e físicas).

Com dois livros já lançados, as duas empreendedoras agora se preparam para trazer novidades ao mercado literário, não se esquecendo nunca do quão importante é o papel do leitor nesse processo. Leia abaixo nossa entrevista com Anna e Clara, onde elas falam sobre a Dame Blanche, o mercado nacional, os desafios de uma editora independente e o que elas esperam do futuro.

Continuar lendo “Entrevista | Dame Blanche”

Entrevista | Fábio M. Barreto

Por: Vitória Castro

Em uma entrevista extremamente agradável e informativa, Fábio M. Barreto, escritor, roteirista, revisor, leitor crítico, editor, tradutor, consultor, apresentador do podcast Gente Que Escreve ao lado de Rob Gordon, instrutor do C.O.N.T.E, arqueiro, pai de família… e responsável pela união de todos os membros do Conte Histórias, fala sobre suas paixões, trabalhos e o mercado literário brasileiro. Leia na entrevista a seguir. Continuar lendo “Entrevista | Fábio M. Barreto”

Entrevista | Renata Ventura

Por: Camila Servello Aguirre

Renata Ventura. Se você é um potterhead, provavelmente já ouviu esse nome. Carioca e fanática pelo universo do bruxo mais amado do mundo, Renata é a autora dos livros A Arma Escarlate e A Comissão Chapeleira, além de esperantista e criadora do projeto Harry Potter em Orfanatos.

Conheci a autora na Bienal do Livro de São Paulo no ano de 2012, enquanto estava na fila esperando para pegar o meu autógrafo com o André Vianco. Muito simpática, ela veio me apresentar o seu primeiro livro, A Arma Escarlate. Na época, achei sua proposta um pouco audaciosa. Um livro sobre um menino negro e morador de favela que descobre ser bruxo. Okay. Na hora fiquei com uma pulguinha atrás da orelha. Como é que essa moça vem me dizer que escreveu um livro sobre bruxos, baseado em Harry Potter, e ambientado no Brasil? Aquilo ficou na minha cabeça durante um bom tempo. Precisava ler e quando li, não me decepcionei. Sua escrita é maravilhosa e, embora seus livros tenham mais de quinhentas páginas, a leitura vence a intimidação de tantas folhas logo nas primeiras linhas.

Aproveitando a Bienal do Livro deste ano, aproveitei para entrevista-la. O resultado, vocês podem acompanhar a seguir: Continuar lendo “Entrevista | Renata Ventura”

Entrevista | Eduardo Spohr

Por: Rodrigo Chama

“Enquanto houver um louco, um poeta e um amante haverá sonho, amor e fantasia. E enquanto houver sonho, amor e fantasia, haverá esperança.” (William Shakespeare)

Não se engane, não há escapismo. Precisamos de fantasia. Porque sempre há um duelo, um romance, uma batalha contra o mal nos esperando em cada página, em cada esquina.  Como numa dança muito bem coreografada, realidade e fantasia se alternam na condução de nossas vidas. Crescemos com a jornada de personagens romanescos, mas ao mesmo tempo, eles ganham novos contornos com o nosso crescimento. Seja você um leitor, seja você um escritor.

Escritor iniciante, fã veterano.  Foi este o título do e-mail que enviamos ao Eduardo Spohr – maior expoente da fantasia nacional, com mais de 700 mil livros vendidos – solicitando uma entrevista para o Conte Histórias. Pareceu-nos apropriado dizer que tanto suas histórias, quanto sua postura como autor nos serve de exemplo. E ele não nos decepcionou. Continuar lendo “Entrevista | Eduardo Spohr”

Entrevista | Rob Gordon

Por: Cesar Gaglioni

Todo escritor iniciante tem muitos questionamentos dentro de si: por onde começar? Quais são os erros mais comuns? Minha trilogia épica fantástica será publicada? Eu serei o novo Stephen King? O direcionamento que cada um dá para essas questões determina a qualidade de seu trabalho e as chances de ter seu manuscrito reconhecido. Numa conversa bastante descontraída com Rob Gordon, cronista do Championship Vinyl e do Championship Chronicles, apresentador do podcast Gente que Escreve ao lado de Fábio M. Barreto, roteirista da HQ Terapia e profissional do Word, fizemos essas e outras perguntas. Continuar lendo “Entrevista | Rob Gordon”