Crônica | Tradição de Natal2 min de leitura

24 de outubro.

— Amor, me ajuda a montar a árvore de Natal?

— Meu bem, ainda estamos em outubro!

— Pois é, só faltam dois meses para o Natal e quero aproveitar a nossa decoração ao máximo.

— Você quer dizer que AINDA faltam dois meses para o Natal, né?

— Ah, amor, o centro da cidade já está todo decorado.

— É claro, as lojas precisam vender.

— Mas, então, vai me ajudar a montar a árvore de Natal?

— Não.

— OK.

15 de novembro.

— Amor, me ajuda a montar a árvore de Natal?

— Tudo bem, vamos montar. Cadê nossa decoração?

— Ixi, não sei.

— Como assim você não sabe?

— Ué, não sei.

— E como vamos montar a árvore?

— Boa pergunta.

— Quer procurar a decoração?

— Na verdade, não. Eu estava animada para montar, procurar já são outros quinhentos.

— Então não vamos fazer nada?

— Acho que não.

— OK.

24 de novembro.

— Amor, me ajuda a montar a árvore de Natal? Temos só mais um mais para deixar nossa casa toda bonita e enfeitada.

— Podemos arrumar, mas já descobriu onde está a decoração?

— Em uma das caixas da mudança. Já está tudo aqui, olha. Podemos montar agora.

— Meu bem, você viu a bagunça desta casa? Não conseguiríamos pendurar o Papai Noel aqui nem se ele estivesse de dieta.

— Ah, é só empurrar esses livros aqui para o lado, jogar toda a roupa em um monte ali no canto… A gente fala que faz parte da decoração.

— Meu bem, você sabe que não funciona assim. Vai, levanta da cama e guarda essas tralhas aí que estão em cima da mesa.

— …

— Meu bem?

— Amor, socorro! Me perdi atrás da terceira pilha de roupa suja.

— Acho que não vamos montar a decoração de Natal hoje, né?

— …

— Meu bem?

10 de dezembro.

— Amor, me ajuda a montar a árvore de Natal?

— Já montei.

— Você não me esperou!

— Você é muito enrolada.

— Ficou horrível.

— Está igual à do ano passado!

— Ano passado já passou, temos que fazer algo com a cara deste ano. Chacoalha essa árvore e tira os enfeites para podermos arrumá-la de verdade.

— Vamos passar o Natal sem decoração nenhuma, né?

20 de dezembro.

— Amor, faltam cinco dias para o Natal.

— Tô sabendo.

— Me ajuda a montar a árvore de Natal?

— …

— Olha só que beleza!

— Meu bem, ficou igual a que eu montei.

— Só que mais bonita.

— …

— Faz uma pose aí do lado para tirarmos uma foto.

— Não me chama mais para esse tipo de coisa.

26 de dezembro.

— Amor, me ajuda a desmontar a arvore de Natal?

813f84a9d1049dd075fa12c9cff535dd?s=80&d=retro&r=g - Crônica | Tradição de Natal

Adele Lazarin

Goiana do pé rachado e carioca de coração, Adele é jornalista, tem especialização em Assessoria de Comunicação e Marketing e já escreveu para alguns sites de cultura, como Cinema Com Rapadura e A Gambiarra. É fluente em inglês e italiano, pratica taekwondo e é apaixonada por literatura e cinema. Tem como hobby viajar, pensar em comida, abraçar cachorros e sonhar acordada. Aprendeu a desbravar novos mundos com Tolkien e ainda espera por uma carta de Hogwarts.
813f84a9d1049dd075fa12c9cff535dd?s=80&d=retro&r=g - Crônica | Tradição de Natal

Últimos posts por Adele Lazarin (exibir todos)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário. É importante para nós! ;)