Resenha | Daytripper

Por: André Diniz

Dificilmente você encontrará algo que trate de uma maneira tão sutil e bela temas como vida/morte quanto Daytripper (publicado pela Panini), dos brasileiros e irmãos gêmeos: Fábio Moon e Gabriel Bá.

Brás de Oliveira Domingos é o narrador-personagem que nos leva através de várias linhas temporais diferentes, construindo capítulos com trajetórias e finais recheados de questionamentos. Além disso, como o próprio nome do personagem alude, há uma clara referência ao romance de Machado de Assis, Memórias póstumas de Brás Cubas. O diálogo entre as duas obras funciona como atualização dos temas, todavia, há uma leve diferença na abordagem, o que traz novos ares para as discussões.

A quadrinização e a arte dos gêmeos também são impecáveis. Conseguem imprimir um traço marcante e agradável de acompanhar no decorrer da história. Sendo as ilustrações das cidades de São Paulo e Salvador espetaculares, conseguem trazer uma atmosfera tipicamente brasileira. O roteiro funciona muito bem, já que brinca com a linha do tempo de Brás, sem deixar que o leitor fique confuso e se perca no meio.

Além disso, os capítulos são breves crônicas que discutem coisas extremamente mundanas como: infância, o processo de amadurecer, relacionamentos, encontra-se profissionalmente e, por fim, a morte. Logo, os criadores precisam ter muito tato, para não deixar a história dramática demais ou não consegui fazer o leitor se conectar com os personagens, mas, felizmente, os gêmeos conseguem trabalhar perfeitamente com os personagens e as discussões, o que fara você parar a leitura e pensar um pouco em todos os dilemas que vemos Brás enfrentar nas suas diversas linhas do tempo.

Fábio Moon e Gabriel Bá são dois dos quadrinistas brasileiros mais bem falados no mercado de comics do exterior e são ambos muito merecedores dessa fama. Então, caso queira prestigiar um ótimo trabalho de artistas nacionais, fica mais que recomendado a leitura desse trabalho dos gêmeos.


Card alaranjado com a foto e a mini bio do escritor André Diniz. A foto dele está do lado esquerdo, com o nome logo embaixo. Ao lado da foto, do lado direito do card, está escrito a mini bio do escritor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s